SOBRE CUSCO

Seu alto fluxo turístico, que supera os dois milhões de visitantes ao ano, converte Cusco na cidade mais cosmopolita e internacional do Peru, superando neste aspecto à Lima, a capital mais moderna d este país andino. São fundamentalmente duas as razões por ser Cusco a cidade mais visitada pelos turistas estrangeiros que chegam a este país: foi a capital do legendário Império dos Incas, e em seu âmbito se encontra a imponente cidadela de Machu Picchu, reconhecida como a terceira entre as sete novas maravilhas do mundo.
Além de Machu Picchu, Cusco concentra um passado histórico entre épico, esplendoroso e trágico, repleto de sítios arqueológicos como os de Sacsayhuamán, Choquequirao, Ollantaytambo, Wiracocha, Qenko, Pukará, Tambomachay, entre outros, pelo qual seja considera também a «Roma da América». Esta cidade, cujos arquitetos a configuraram como uma puma, fica a 1.106 quilômetros a sudeste de Lima, na encosta leste da Cordilheira dos Andes, a 3.400 metros acima do nível do mar, exatamente na bacia do rio Huatanay, que penetra na Amazônia . Sua população, de pouco mais de meio milhão de habitantes, é triplicada pelo fluxo de turistas que a visitam todos os anos, vindos de diferentes lugares do mundo, a ponto de um observador agudo ter descrito Cusco como uma nova Babel, ou o lugar onde se confundem todas as línguas do planeta.

HOTELES Y HOSPEDAJES

Existen tipos de alojamento para todos os gostos y todos os bolos (ou possibilidade econômica dos viajantes). Existen na atualidad na Cidade de Cusco mais de 1.000 estabelecimentos de hospedajem (entre hoteis e hostais), com uma ampla gama de estabelecimentos «hoteleiros» situados por toda a cidada, embora a maioria deles estão situados no denominado centro histórico, o mais próximo da Plaza de Armas del Cusco, (recordamos que a Univ. Diego Quispe Tito está a 3 quadras desta praça).