Introdução

A Sociedade Internacional de Educação pela Arte (InSEA) e a Universidade Diego Quispe Tito de Cusco, convidam você a participar do CONGRESSO REGIONAL INSEA AMÉRICA LATINA – CUSCO 2021; um espaço propício para reflexão e debate sobre questões atuais na educação e ensino e aprendizagem nas artes entre educadores, artistas visuais e o público em geral. Idiomas da Conferência: Espanhol, Português e Inglês

Frestas e provocações

A pedagogia busca abrir brechas e provocar aprendizados, desaprendizados e reaprendizados, distanciamentos e novos compromissos; pedagogias que buscam plantar sementes, não dogmas ou doutrinas, para esclarecer e corrigir caminhos, e para mover horizontes de teorizar, pensar, fazer, ser, ser, sentir, olhar e ouvir – individual e coletivamente – para o decolonial. Catherine Walsh (2014) Com base na pesquisa de Catherine Walsh, publicada na Decolonial Pedagogies, este Congresso se propõe a reunir diferentes formas de ler crítica e poeticamente o mundo e intervir na reinvenção da sociedade e interferir na ordem pedagógica instituída; o congresso visa dar voz àqueles com histórias educacionais emancipatórias, experiências desobedientes, conhecimentos estrategicamente esquecidos e memórias usurpadas. Com isso, ele se propõe a resgatar a dimensão política da Arte/educação na América Latina.

TEMAS

DECOLONIALIDADE E EDUCAÇÃO ARTÍSTICA

Os sistemas hegemônicos que organizam a vida social em nossos estados se refletem nas esferas de gênero, raça, classe, cultura, entre outras, com consequências em sistemas pedagógicos eurocêntricos. As perspectivas decoloniais podem levar ao desenvolvimento de processos de ensino e aprendizagem mais críticos e conscientes da diversidade em que vivemos.

PRÁTICAS EDUCACIONAIS-ARTÍSTICAS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES

O lugar ocupado pela rebeldia, desobediência de padrões impostos e desaprendizagem como alicerce das práticas pedagógicas contemporâneas, abre fissuras nas pedagogias hegemônicas, provocando outras práticas Arte/educação em espaços formais e não formais, e na formação inicial e continuada de professores.

Arte/educação PARA UM MUNDO HOLÉSTICO

Outras ligações entre os mundos cognitivo, emocional e mágico ao gerar realidades a partir de uma perspectiva holística e complexa que fomenta processos pedagógicos artísticos transdisciplinares.

CULTURAS HÍBRIDAS E INSTITUIÇÕES CULTURAIS E EDUCACIONAIS

A importância de gerar processos educativos vinculados a culturas híbridas que possam despertar e ampliar as potencialidades do ensino da arte nas instituições culturais, sociais e educacionais.

Conferências e palestrantes

ARTISTAS CONVIDADOS

EQUIPE DE TRABALHO